O melhor preço está Aqui!!

LEEV TEA

(4961252)

AKMOS  | 

Categoria: NUTRIÇÃO

Drenagem Linfática

Quantidade: 150 GRAMAS  | 

Envio: CORREIO

mais informações

LEEV TEA

(4961252)

AKMOS  | 

Categoria: NUTRIÇÃO

Drenagem Linfática

Quantidade: 150 GRAMAS  | 

Envio: CORREIO

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

por:  69,99

ou por 10x de R$ 7,00

Quantidade

+

-

COMPRAR

+

Ver todos descontos

Ver outras formas de pagamento e parcelamento

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

PRODUTOS RELACIONADOS

SUPER CAF - 60 CÁPSULAS

AKMOS

NUTRIÇÃO

R$ 99,99

Ver detalhes do produto

SHAKE MIX - CHOCOLATE MALTADO

AKMOS

NUTRIÇÃO

R$ 114,99

Ver detalhes do produto

ÓLEO DE ABACATE AKMOS LONGUE VIE ABAKAT OIL 60 CÁPSULAS

AKMOS

NUTRIÇÃO

R$ 149,00

Ver detalhes do produto

SHAKE MIX - LEITE CONDENSADO

AKMOS

MUTRIÇÃO

R$ 114,99

Ver detalhes do produto

SEC - 90 CÁPSULA

AKMOS

NUTRIÇÃO

R$ 85,99

Ver detalhes do produto

BLADDER - 60 CÁPSULAS

AKMOS

NUTRIÇÃO

R$ 149,99

Ver detalhes do produto

Descrição do Produto

Descrição do produto

Chá verde

O chá verde é um poderoso antioxidante, que tem sido usado por séculos para promover uma boa saúde. O chá verde é bem estabelecido como uma potente fonte de antioxidantes, os mesmos compostos benéficos encontrados em frutas e legumes, e mesmo no vinho tinto. A folha também aumenta a presença de um superantioxidante chamado EGCG (epigalocatequina-galato), bem como outras substâncias de cura notáveis, inclusive fluoreto, catequinas e taninos. Estes incríveis benefícios antioxidantes do chá verde são atribuídos ao seu potente nível de polifenóis. Dos quatro principais polifenóis no chá verde, pesquisas relevam que o Epigallocatechin gallate (EGCG) é o mais eficaz. O chá verde possui várias funções, entre elas, detacam-se:

 

  • Contra envelhecimento: Considerando as constatações mais recentes sobre os potentes antioxidantes no chá verde, não é nenhuma surpresa que este produto tenha sido reconhecido, por muito tempo, como responsável por promover uma longa vida. Suas altas concentrações antioxidantes aparentemente aumentam a longevidade combatendo doenças cardíacas. De acordo com estudos epidemiológicos, os japoneses que usam o chá verde diariamente têm mais probabilidade de viver mais tempo.

 

  • Trata da artrite: Os antioxidantes no chá verde podem prevenir e reduzir a gravidade da osteartrite. Estudos demonstraram que se você consumir aproximadamente quatro xícaras de chá verde por dia ou duas cápsulas de 500 mg, pode conseguir proteger contra o desenvolvimento da artrite e, se já tiver artrite, consumir o chá verde pode ajudar a reduzir a inflamação que a doença causa.

 

Pesquisas contínuas sugerem que, graças aos seus inúmeros e diversos compostos antioxidantes, tomar chá verde regularmente pode ajudar a proteger contra doenças cardíacas, reduzindo os níveis de colesterol e reduzindo a pressão sanguínea, promovendo a longevidade, combatendo a queda de dentes (o chá contém um elemento de combate às cáries, o flúor), ajudando a curar infecções na gengiva, além de proporcionar vários outros benefícios. Como contém compostos de tanino adstringentes, o chá verde consumido em moderação pode aliviar a indigestão, diarréia e outras formas de dores de estômago. Investigadores suíços têm comprovações de que o chá verde acelera a queima de calorias de gordura em pessoas que estão acima do peso. Um pequeno, mas interessante estudo de 1999 publicado no American Journal of Clinical Nutrition relatou um maior dispêndio de energia e oxidação de gordura em homens que tomaram um extrato de chá verde em vez de apenas placebo ou cafeína.

 

O chá verde também ajuda no processo de perda de peso (através do estímulo do sistema nervoso central). Por muitos anos o chá verde tem sido adicionado às formulações de perda de peso. Seu conteúdo com alto teor de cafeína ajuda a aumentar a temperatura corporal, aumentando a termogênese e a liberação dos ácidos graxos dos tecidos adiposos. Também atua como um diurético, removendo do corpo a água em excesso que pode fazer com que o corpo fique com um aspecto inchado. O uso juntamente com a vitamina C ajuda a desempenhar melhores resultados na perda de peso, pois esta vitamina atua como um catalisador no processo de termogênese, além de enriquecer o chá verde com mais antioxidantes, uma vez que a vitamina C também é um poderoso antioxidante.

 

Casca de laranja:

 

Laranja amarga de nome científico Citrus aurantium L., é uma planta medicinal também conhecida como laranja-azeda, laranja-cavalo e laranja-da-china. Trata-se de uma planta originária da Ásia, cujo extrato é rico em Sinefrina.

 

Essa planta medicinal é muito utilizada como um suplemento dietético no tratamento de indivíduos obesos, pois possui uma ação inibidora do apetite que auxilia na perda de peso. A laranja amarga (Citrus aurantium) tem sido aclamada como sendo um “substituto seguro da efedra” na redução de peso, pois sua composição apresenta ingredientes ativos como a sinefrina e octapamina. A Sinefrina e os outros alcalóides encontrados no Citrus aurantium são agentes adrenérgicos que estimulam a lipólise e aumentam o metabolismo basal através do estímulo da termogênese (transformação de gorduras em energia) e aumenta a massa muscular magra. Este produto é muito importante para o tratamento da obesidade, pois a queima de calorias é um processo metabólico natural do nosso organismo, porém, este processo torna-se prejudicado quando as pessoas envelhecem ou acumulam grande quantidade de gorduras.

 

Possui as seguintes propriedades: antiartrítica, alcalinizante, rejuvenescedora, laxante; inibidora do apetite, anti-inflamatória, antirreumática, antisséptica, aperiente, calmante, antiúlcerogência, digestiva, relaxante, sudorífica, sedativa, febrífuga, estomacal, diurética, depurativa, carminativa, vermífuga, vitamínica, antidepressiva; antiescorbútica.

 

Carqueja:

 

A carqueja é uma planta de regiões tropicais e da América Latina. Possui na sua composição lactonas, flavonóides, pectinas, vitaminas e óleos essenciais.

 

O chá de carqueja é um tônico estomacal que controla o apetite, é utilizado em dispepsias, anemia causada por perda de sangue, contra debilidade intestinal, cálculos biliares, enfermidades do baço, da bexiga, do fígado e dos rins, má digestão, má circulação, diabetes e boca amarga. É um diurético e depurativo aconselhado contra diarréia, fraqueza orgânica, gripes, febres e prisão de ventre e como emagrecedor.

 

Stévia

 

Espécie do gênero Stévia, família Asteraceae, planta originária da América do Sul, geralmente encontrada na Serra de Amambai (MS). A Stévia, denominada de estévia (português), se tornou bastante popular quando um poderoso adoçante oriundo de suas folhas passou a ser utilizado na forma de um extrato em pó nos países da América do Sul. Já era utilizada pelos índios guaranis para adoçar remédios. A Stévia é rica em glicosídeos (açúcares), esteviosídeo (5 a 10% – princípio ativo), rebaudiosídeo (2 a 4% – princípio ativo), dulcosídeo, saponinas, óleo essencial e taninos. Em 1924, pela decisão da Union Internacionale de Chimie em Copenhagen, o nome de esteviosídeo foi atribuído ao princípio adoçante da stévia. O esteviosídeo tem a propriedade de adoçar cerca de 300 vezes mais que o açúcar comum, tem sabor agradável e não apresenta gosto residual, sendo agradável ao paladar. 1,0 g de esteviosídeo possui aproximadamente 3,8 kcal e adoça o equivalente a duas colheres de sopa de açúcar comum (sacarose).

 

A stévia possui ações hipoglicemiante, hipotensora, diurética, cardiotônica, tônica para o sistema vascular e antiflogístico. Diabetes, hipertensão arterial, azia, baixar ácido úrico, reumatismo, fadiga, depressão, insônia e emagrecimento. Embora se afirme que a estévia não apresenta efeitos colaterais, deve-se alertar para o fato de suposta ação anticoncepcional, já que os índios guaranis a utilizavam para esta finalidade, apesar de desconhecerem o uso do chá dentro no ritual da contracepção. No final dos anos 1960, a Universidade da República (Montevidéu, Uruguai) e a Universidade de Purdue (Indiana, Estados Unidos) comprovaram que quinze gramas da folha seca em trezentos milímetros cúbicos de água compreende a dose diária que impede a ovulação, porém, ao se suspender o uso do chá por dez dias, a mulher poderá engravidar normalmente.

 

Flores de hibisco

 

O chá das flores de hibisco possue um sabor agradável que lembra framboesa, além de propiciar efeitos positivos no organismo, tais como a queima de gordura corporal, facilita a digestão, regulariza o intestino e combate a retenção de líquidos. As flores de hibisco possuem grande quantidade de antocianinas, pigmentos da família dos flavonóides, um poderoso antioxidante, que combate os radicais livres, protegendo o coração de doenças e a pele do envelhecimento.

 

O chá da flor de hibisco, combinado a uma alimentação saudável, pode eliminar até quatro quilos em apenas um mês. O chá auxilia na redução de gordura, na digestão, regulariza o intestino e ainda combate a retenção de líquidos, o que facilita o emagrecimento. O mecanismo de perda de gordura é porque o hibisco acelera o metabolismo, e tem o poder de reduzir o colesterol. Além de ter ação anti-inflamatória, fazendo com que o organismo não acumule toxinas . A flor é rica em cálcio. Este chá facilita a digestão e reduz a retenção de líquidos. No intestino combate a absorção dos carboidratos e das gorduras. Possui vitamina C e por isso melhora a circulação e estabiliza a pressão sanguinea.

 

Ação terapêutica:

 

– Emagrecedor;

– Termogênico;

– Saciador de apetite;

– Redutor do colesterol;

– Coadjuvante de beleza;

– Antioxidante;

– Diurético;

 

Indicações:

 

– Acelera o metabolismo;

– Ação anti-inflamatória; – Auxilia na proteção do sistema cardiovascular;

– Auxilia nos regimes de emagrecimento;

– Ajuda a queimar gorduras – efeito termogênico; – Ajuda a eliminar as toxinas do organismo; – Diurético; – Combate a ansiedade; – Antioxidante; – Melhora o aspecto da pele; – Antienvelhecimento.

 

Reações adversas

 

Aumento da pressão sanguínea e alta diurese.

 

Contra-indicações

 

Não deve ser consumido por gestantes, nutrizes e crianças e pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Pessoas que possuem hipertensão, fazer o uso acompanhado de orientação médica. Grávidas, lactantes e crianças não devem consumir este produto.

 

Modo de usar:

 

Iniciar tomando apenas 1 xícara de chá (240 ml) ao dia. Após uma semana, tomar 4 xícaras de chá por dia. Não exceder a porção diária recomendada.

 

Compatibilidades e farmacotécnica:

 

Não há relatos até o momento, nas literaturas pesquisadas.

Incompatibilidades:

 

Não há relatos até o momento, nas literaturas pesquisadas.

 

Toxicidade e mutagenicidade:

 

Não deve consumir mais que a porção diária recomendada.

 

Composição do produto:

 

Chá verde, casca de laranja, carqueja, stévia e flores de hibisco.

 

Conservação:
Armazenar o produto em temperatura entre 15°C a 30°C e em local escuro, ventilado e seco.

Contato

O melhor preço está Aqui!!

(18) 99777-9900 whatsapp

sk5@bol.com.br

INSIRA AQUI SEU E-MAIL PARA RECEBER NOSSAS NOVIDADES:

Cadastrar

Segurança
Atendimento
Pagamento
Desenvolvido por

Monte já seu e-commerce na SejaOnline